Postado em 12 de fevereiro de 2020

Câncer de Pele

Câncer de Pele

Cães e gatos podem desenvolver câncer de pele devido ao excesso de exposição ao sol.

Se seu bichinho é branco, você precisa estar preparado para identificar as lesões iniciais do câncer de pele (carcinoma), sabendo como ocorre e por que, para poder proteger melhor e tentar prevenir.

O câncer de pele em cães e gatos é muito invasivo localmente e por isso muito difícil de tratar.Por tanto, informação e diagnóstico precoce fazem a diferença.

As lesões têm início com exposição solar frequente, a pele fica avermelhada, descamando como uma queimadura solar típica. Com o tempo, estas queimaduras simples evoluem para lesões profundas, com crostas, e ulceras frequentemente doloridas e que sangram com facilidade.

O carcinoma de células escamosas, em cães é mais frequente em joelho e abdômen. Nos gatos, ocorre mais na ponta das orelhas, nariz e face.

Por que os animais brancos são mais acometidos?

A melanina presente em animais com pele escura confere proteção contra radiação ultravioleta. Pode-se concluir que quanto mais escuro for o pêlo do animal, menores são as chances de se desenvolver esse tipo de câncer.

Como o câncer aparece?

As células do corpo dos animais estão em constante renovação durante a vida. Os raios solares ultravioleta são capazes de alterar o DNA das células que estiverem em processo de multiplicação (mitose).

Sempre que ocorre exposição solar prolongada, várias células da pele estão sendo alteradas pela radiação recebida. Existem mecanismos protetores, que identificam as alterações ou defeitos causados, corrigindo-os ou destruindo as células afetadas.

No entanto, se houver qualquer falha, as células que passaram por mutação continuarão a se multiplicar produzindo células alteradas como elas, formando um aglomerado cada vez maior.

Como podemos prevenir o câncer de pele em nossos animais?

Não existe uma forma totalmente eficiente de prevenção, todavia evitando a exposição solar nas horas de maior incidência (entre 10 da manhã e 4 da tarde),é a principal maneira de prevenir.

O uso de roupinhas, cobrir o telhado do canil, evitar que o gatinho fique na janela o dia todo e o uso de filtro solar são boas estratégias de prevenção.

Como é o tratamento do câncer de pele?

Existem várias modalidade terapêuticas para o carcinoma de células escamosas em medicina veterinária, incluindo remoção cirúrgica de toda a lesão, a quimioterapia, a eletro quimioterapia e a crio cirurgia.

Dra. Márcia Lima
Link - dermatocaoegato.blogspot.com

Dúvidas? Clique aqui. (62) 98116-8255