Postado em 9 de fevereiro de 2022

Alergia em felinos.

Alergia em felinos.

Os tutores normalmente procuram um(a) dermatólogo(a), quando nota queda de pelos, manchas ou coceiras excessivas em seus felinos. E acredite, que problemas de pele é muito comum entre os bichanos.

É importante que os tutores fiquem atentos as alterações na pele, que conheça um pouco sobre as principais doenças que acometem os gatos e saiba onde procuram ajuda para que o felino reestabeleça sua qualidade de vida.

Quais as doenças mais comuns entre os gatos?

Sarna de ouvido

Sarna de ouvido ou sarna otodécica, é uma doença muito comum em bichanos e que pode causar grande incômodo para o pet. Nessa situação, ácaros atacam a região do ouvido do gato e proporcionam coceira intensa e um excesso de cera.

Para tentar aliviar os sintomas, o bichano coça muito a orelha, o que causa feridas na região. Se não for bem tratada, pode evoluir para uma inflamação ou infecção bacteriana de ouvido, trazendo graves consequências para o pet.

Micoses

Causada pelo fungo Microsporum canis, a micose em felinos pode facilmente ser transmitido e afeta a pele, os pelos e até as unhas do felino. Pets com micose frequentemente apresentam zonas sem pelos e pele descamando, o que gera casquinhas nas peles.

Alergia Alimentar

A alergia alimentar ocorre quando o gato é intolerante a algum componente da ração, o que requer atenção dos clientes para notar e sanar esse problema. O sintoma principal é o pelo do gato caindo e a pele vermelha. O gato também pode apresentar coceira intensa, intestino desregulado, apatia e falta de apetite.

Dermatite Alérgica a Pulgas

Dermatite alérgica a pulgas ocorre quando o gato sofre uma reação alérgica à saliva da pulga. Apenas uma picada pode gerar coceira intensa, que pode durar por muitos dias. Além da tradicional coceira, é comum surgirem feridas na pele do gato, o que naturalmente já preocupa muitos tutores.

Estresse e falta de higiene

Não muito comentado, o estresse e a falta de higienização dos felinos podem gerar problemas de pele em seu gatinho.

Diagnóstico

O diagnóstico é realizado por meio de análises da pele e das feridas, além de exames nos pelos. Após descobrir a causa da doença, o veterinário poderá receitar o tratamento correto.

Procure sempre um especialista na área de dermatologia veterinária para cuidar da pele do seu(ua) gatinho(a).

Dúvidas? Clique aqui. (62) 98116-8255