Home > Serviços > Banho e Tosa > Dermopet > Dicas de beleza e saúde

Dicas de beleza e saúde

Cuidados com a pelagem


Os cães precisam de escovações regulares, pois o pêlo pode formar nós. Esses "nós" são doloridos para serem retirados, e pode machucar a pele.


Mesmo os cães de pelagem curta precisam de escovação regular, para retirar o pêlo morto. Cães com pelagem curta podem ser escovados semanalmente, enquanto que os cães de pelagem longa podem precisar de escovações diárias.


Existem escovas apropriadas para cada tipo de pelagem. Escovas de cerdas naturais são indicadas para cães de pelagem curta, escova de pinos de aço é melhor para cães de pelagem longa. Luvas de borracha podem remover os pêlos facilmente.


Use um borrifador com água limpa para umedecer o pêlo antes de escovar, nunca escove a pelagem seca ou muito suja, para não arrebentar os pêlos.


Escove cuidadosamente o seu cão para não machucá-lo. Em alguns casos não será possível desembolar o pêlo, e nestes casos será necessário tosar .


Cuidados com os dentes


Embora os cães geralmente não tenham cáries, eles são propícios a doenças de gengiva por causa da formação de tártaro. Ele é um subproduto da placa, que é um resíduo macio e pegajoso que fica nos dentes após comer. Quando a placa endurece, faz as gengivas ficarem vermelhas, inflamadas e doloridas. Isso é chamado de gengivite. As doenças gengivais são um dos problemas mais comuns que os veterinários encontram nos cães. Além de causar mau hálito, se a doença periodontal ficar muito ruim, pode interferir na mastigação e até mesmo afetar órgãos internos, causando infecções bacterianas nos rins e no coração.


A boa higiene dental não pode começar muito atrasada. Se você começa a cuidar dos dentes de seu cão enquanto ele é um filhote, você pode reduzir bastante a chance de ele desenvolver doenças periodontais. Para escovar os dentes, use uma escova pequena e macia ou então uma escova de dedo com pasta de dente ou solução de limpeza feita para bichos de estimação. A pasta de dente para pessoas faz muita espuma e os aditivos podem irritar o estômago de seu cão. Você também pode embrulhar gaze em torno do seu dedo e esfregar suavemente os dentes de seu cão com uma pasta. Para fazê-la em casa, misture bicarbonato de sódio com um pouco de sal e água. Aplique-a com uma escova de dentes ou gaze. Não use essa receita se seu cachorro faz dieta com restrição de sódio.


O ideal é que você escove os dentes do cão todos os dias, mas pelo menos uma escovação semanal ajudará. A formação de tártaro tem que ser removida pelo veterinário, com o cão sob anestesia. Sendo assim, o esforço extra da escovação regular vai salvar você e seu cão de muito mais esforço e despesas mais à frente.

Fonte: SOBRACI


Cuidado com as orelhas


Orelhas saudáveis são rosadas na parte de dentro, sem cheiro ruim ou secreções aparentes.


Algumas raças, como os terriers e poodles, têm pêlos que crescem dentro da orelha. Eles precisam ser aparados para prevenir o acúmulo de cera e sujeira.


Antes dos banhos, coloque algodão parafinado (adquiridos em farmácias de manipulação) ou algodão hidrófilo nas orelhas.


Nunca utilize hastes de algodão dentro das orelhas, limpe somente as regiões que seus olhos podem ver. Utilize para fazer limpeza somente algodão umedecido em água, com temperatura ambiente.


Se o seu cão agita a cabeça constantemente, tem orelhas doloridas ou vermelhas ou se elas estão com mau cheiro ou têm secreções, leve-o ao veterinário.


Controle de ectoparasitas (pulgas e carrapatos)


As pulgas e carrapatos podem provocar alergias, além de que, podem transmitir doenças graves e muitas vezes fatais aos animais e até mesmo a seres humanos. As doenças mais comuns são a babesiose e a erliquiose. Essas doenças podem facilmente ser evitadas através do uso preventivo de produtos para controle da infestação no ambiente e nos animais. Peça orientações ao seu veterinário sobre as opções de controle de ectoparasitas.

Mais nesta categoria: « Links Úteis